Compro, vendo, ou não faço nada?

Compro, vendo, ou não faço nada?

Alguns traders confundem o que dá para fazer com o que eles querem fazer agora.

Preste bem atenção na sutil diferença… Pessoas confundem o que é possível fazer AGORA com que elas gostariam de fazer AGORA… Isso é mais comum do que você pode imaginar e não duvido que possa impactar você independentemente de você ser um Day Trader ou simplesmente um Investidor em busca de remuneração de capital.

Quer um exemplo real disso?

Quantas vezes você já viu alguém perguntar para um terceiro: o que esta bom para aplicar? Estou falando de investidores, mesmo. Quantas vezes você ouviu ou deve ter feito essa pergunta? Estou com um dinheiro, e queria saber onde aplicar AGORA!

Ou ainda, quantas vezes você ouviu alguém (neste caso um Day Trader ou Swing Trader) perguntar sobre um determinado ativo naquele chat de mercado? Perguntas como: “analise PETR4, por favor?”, “analise VALE5, por favor?” ou “vale compra no Índice?”.

Se você ainda não percebeu o que potencialmente tem de errado nisso, não se preocupe, o artigo é para explicar justamente isso… Repare que eu disse “potencialmente”. Essas perguntas, não necessariamente são ruins, desde que você entenda a diferença entre o que você quer do mercado e o que tem disponível…

Faça download da melhor plataforma de negociação de bolsa de valores

O que estou querendo dizer é que nós (isso mesmo, todos nós) tendemos a “querer coisas”… Temos quase que total controle sobre nossos anseios em quase todas as atividades do cotidiano. Se queremos tomar uma água, vamos atrás de conseguir, se queremos um emprego melhor, reunimos tudo que precisa para conseguirmos e por ai vai…

Seu comportamento no mercado não seria diferente. Aliás, esse é justamente um dos maiores problemas emocionais que você pode enfrentar caso não aceite a realidade do mercado.

Se você achar que vai conseguir transferir os seus anseios pessoais para o mercado, você esta “frito”. O mercado, talvez seja um dos pouquíssimos lugares na terra onde não temos o menor controle do que vai acontecer, portanto, “querer algo” só vai ajudá-lo em uma coisa: EM FRUSTRAR-SE!

A frustração constante de quem opera nos mercados vem justamente da expectativa não preenchida em relação a algum anseio criado por você. Já parou para pensar nisso?

Bom, mas vamos voltar ao foco do artigo, que é não confundir o que você quer com o que o mercado mostra disponível.

Minha sugestão é que você sempre aguarde o sinal (independentemente do sinal que acompanhe). Quando você não aguarda você esta querendo que o mercado faça algo para você e ele não vai fazer. Isso só vai gerar angústia e frustração.

A solução é se fazer mentalmente disponível, não projetar, esperar, ou tentar prever. Aliás, tentar prever é um dos maiores erros que aspirantes a traders (traders na física, como price takers) incorrem. Para fazer-se disponível você tem que ter uma lógica completa de acompanhamento. Você precisa saber exatamente com o que esta lidando e mais, SABER EXATAMENTE O QUE TEM PARA SER TIRADO NO MERCADO!

Em nossa lógica incorporamos conceitos como a estratégia do Metajogo (jogo que não esta no jogo), microestrutura de mercado e análise de fluxo de ordens. Dessa forma, sabemos o que é o mercado e o que tem para ser tirado.

Nós operamos de forma discricionária, ou seja, nós escolhemos as variáveis que definem uma oportunidade e julgamos (com discrição individual) se vale a pena entrar ou não. É mais trabalho, principalmente no começo.

Claro que dá para ter viés (predisposição a achar alguma coisa), aliás, falamos muito de viés. Viés pode ser criado por qualquer motivo (seja notícia, cenário, tese de investimento, pela sua leitura de mercado, etc). Você pode e deve ter um pouco de viés, mas o que não é permitido é que o viés tome conta da sua leitura de mercado.

Eu costumo dizer que se tenho viés de compra (por qualquer motivo) só compro se meu viés for formado pelo fluxo de ordens. Se tenho viés, mas não vejo motivo no fluxo, não faço nada.

Desvincular-se do viés é uma arte. Não é algo do dia pra noite. Eu lembro quanto tempo demorou para que eu me desvinculasse… Foi um processo…

Para finalizar o artigo vou resumir a mensagem:

Tem vários momentos (aliás, a maior parte deles) em que agente tenta “tirar” informação da tela. Agente tenta por ansiedade ou despreparo adivinhar o que vai acontecer e isso causa sérios danos.

Mesmo no Scalping (prazo operacional com diversas oportunidades no dia) a oportunidade acontece na hora que tem que acontecer e não na hora que você quer que aconteça.

É mais saudável se colocar num estado de telespectador esperando o mercado te falar o que é para fazer. Simplesmente assista e reaja.

P.S. A analogia da imagem com a menina pulando corda para é para mostrar que você precisa entrar no timing do mercado, antes de entrar nele. Tem que ficar acompanhando até ele te dar a chance de entrar.

Espero que tenha gostado do conteúdo sobre o dilema do trader e se realmente acha que isso vai contribuir para você, por favor, deixe seu comentário abaixo.

Então é isso aí… espero que tenha gostado do artigo!

Grande Abraço e Atitude Vencedora,
André Antunes

* A analogia da imagem das crianças pulando corda é para mostrar que você precisa entrar no timing do mercado (da corda), antes de iniciar a operação (começar a pular). Tem que ficar acompanhando até ter a oportunidade de entrar.

André Antunes

André Antunes

André Antunes é o fundador da Scalper Trader e já mudou a vida de milhares de pessoas com o seu conhecimento em tape reading. Atualmente tem o trade como a sua principal fonte de renda e foca em ajudar o máximo de pessoas que queiram ter as suas vidas transformadas através desta profissão.

Grande Abraço e Atitude Vencedora,
André Antunes

André Antunes

André Antunes

André Antunes é o fundador da Scalper Trader e já mudou a vida de milhares de pessoas com o seu conhecimento em tape reading. Atualmente tem o trade como a sua principal fonte de renda e foca em ajudar o máximo de pessoas que queiram ter as suas vidas transformadas através desta profissão.

Grande Abraço e Atitude Vencedora,
André Antunes

Entregamos o melhor conteúdo gratuito 

Cadastre-se para entrar na lista de espera